Bolo de manteiga ou Bolo de bolo?

Ontem fiquei por casa com dois doentinhos pequeninos...
E como o dia se tornou longo, que mais podia fazer para relaxar... um bolinho da Avó.
Só depois de o provar é que percebi que era aquele bolo que a Avó fazia nas tardes de verão. Que nós comiamos quando voltávamos para casa depois de uma tarde passada na rua a brincar. "Avó é bolo de quê?" e a resposta era "É bolo de bolo", acompanhávamos com sumo tang.

300g de açúcar
4 ovos XL
200ml de leite
125g de manteiga
400g de farinha
1 colher de sopa de fermento

Separam-se as claras da gemas dos ovos e batem-se as claras em castelo.
Deita-se o açúcar numa tigela e bate-se muito bem com a manteiga amolecida. Juntam-se as gemas uma a uma mexendo sempre.
Depois, a farinha com o fermento, alternadamente com o leite até a massa estar homogénea. E por fim misturam-se as claras em castelo levemente.
Leva-se ao forno médio, numa forma untada e polvilhada com farinha.

Não façam o meu erro, este bolo deve ser feito numa forma furada no meio, porque se não, demora muito tempo a cozer no centro e torna-se um pouco seco e duro nas extremidades.
Para remediar o meu erro, cortei as bordas do bolo e acabei por fazer um creme para o rechear.
O creme leva dois ovos, meia lata de leite condensado cozido, duas colheres de sopa de açúcar, uma colher de café de sal, e 50g de manteiga. Levam-se todos os ingredientes, excepto a manteiga, num tacho em banho maria sempre a mexer, até começar a ficar consistente (mais ou menos 5 minutos) por fim acrescentar a manteiga continuando a mexer, quando a manteiga tiver incorporada, está pronto.


Sem comentários :

Enviar um comentário